top of page
  • Foto do escritorHebert Silva Araújo

PESQUISA LISTA A MÚSICA ELETRÔNICA COMO 6º GÊNERO MAIS OUVIDO DURANTE O SEXO E REVELA BENEFÍCIOS DESSE HÁBITO



Muitos fãs de música eletrônica não deixam o Play de lado nem mesmo ao dividir a intimidade na cama - e uma recente pesquisa constatou isso.

A ZipHealth, um provedor de farmácias online, entrevistou mais de mil pessoas e analisou cerca de 10 mil músicas em playlists do Spotify para trazer um panorama dos gêneros musicais, artistas e hábitos mais comuns de quem curte um som durante o sexo.

O estudo trouxe algumas revelações interessantes acerca da relação entre música e sexo, dentre elas podemos destacar:

  • A música eletrônica é o gênero musical mais ouvido em relações sexuais;

  • Os artistas da cena eletrônica mais escutados durante o sexo são: Hippie Sabotage, deadmau5 e FKA Twigs.

  • 68% dos entrevistados se sentem menos ansiosos em relação ao desempenho na cama ao ouvir música;

  • Pessoas que ouvem música durante o sexo têm relações sexuais mais frequentes e se sentem mais satisfeitas com sua vida sexual em comparação aos que não ouvem.



Em geral, os artistas mais escutados foram The Weekend, Kanye West, Deftones, Drake e Lana Del Rey, enquanto os gêneros mais populares nos momentos íntimos foram o Pop, Rap, R&B e Indie Rock.

A pesquisa também se aprofundou no comportamento sexual dos entrevistados, revelando dados um tanto quanto exóticos:

  • 81% dos ouvintes de música eletrônica tiveram um "caso de uma noite";

  • 1 em cada 3 pessoas que escutam música eletrônica já fizeram sexo em público;

  • Os fãs de eletrônica são os que menos duram na cama, ocupando o último lugar no ranking de gêneros (média de 27 minutos e 20 segundos).

  • Pessoas que ouvem música durante o sexo têm 36% mais chances de ter um fetiche do que as que não ouvem.


O relatório intitulado "Tuning Into Intimacy: What Music Do People Prefer During Sex?" pode ser lido por completo através deste link.


5 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page