top of page
  • Foto do escritorHebert Silva Araújo

11 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER NA HORA DE DISTRIBUIR SUA MÚSICA


Quem está no meio da indústria musical sabe bem que gerenciar uma gravadora não é um processo tão simples quanto parece. Afinal, uma label é mais do que apenas a continuidade de uma visão de mercado e de seu propósito sonoro. É também um empreendimento que demanda dedicação e profissionalismo, para que a longo prazo seja um negócio rentável. Ou seja, muitas tarefas e movimentações são exigidas neste percurso, para que resulte no desenvolvimento e construção da marca.

Processos como cronogramas, contato com editores, A&R, controle de recebimentos e distribuição de royalties são extremamente necessários para que a empresa tome forma e ganhe proporção. Como deu para perceber, construir uma empresa sustentável vai além da criação de uma logo e a publicação de faixas em plataformas de streaming, é preciso estar atento às diversas funções envolvidas, principalmente em áreas que são os pilares do negócio como comunicação, promoção e, claro, a distribuição.

A distribuição é uma etapa fundamental, afinal, obviamente que todo artista e selo sonha com o seu trabalho tendo o maior alcance possível. Por isso, uma distribuição inteligente, pautada em estratégias, conhecimento de mercado e com atenção a todos os processos é de suma importância. Por isso, conversamos com a britânica LabelWorx, maior distribuidora musical independente do mundo com foco na música eletrônica, e selecionamos algumas dicas essenciais sobre distribuição musical. Confira:


Parceiro de distribuição


Encontrar um parceiro de distribuição confiável para sua gravadora/artista é a primeira etapa: escolher a empresa certa que atenda às suas necessidades. Pode ser uma distribuidora em que você paga uma taxa fixa por lançamento para fazer o upload de sua música para DSPs. Ou uma empresa que opera com base em uma porcentagem de royalties e que pode ajudá-lo com estratégias de lançamento, consultoria e apresentação de sua música a editores.



Contratação


Certifique-se sempre de que sua documentação esteja em ordem. Ter um contrato legalmente correto com um artista é um momento crucial nas operações de qualquer gravadora.



Upload de lançamentos


Fornecer as versões corretas das faixas aos DSPs ajuda a maximizar os resultados. Isso inclui fornecer edições curtas para streaming, versões estendidas para download em lojas de DJs e edições especiais para o TikTok.



Mapeamento correto dos artistas


É importante verificar o mapeamento correto do artista nos DSPs antes do lançamento, pois há muitos artistas com pseudônimos semelhantes. Além disso, ao lançar um remix, é importante marcar o remixador como um dos artistas principais. Isso permite que você alcance a base de fãs dele nas plataformas de streaming e permite que você lance a música em nome dele.



Estratégia de lançamento e campanha de relações públicas


A escolha da estratégia de lançamento correta e o planejamento de uma campanha de relações públicas são fundamentais para o sucesso no mercado musical. Independentemente de você estar trabalhando com uma empresa terceirizada ou mantendo-a internamente, ter um cronograma estabelecido é crucial para manter tudo nos trilhos.



Prazos para apresentação de propostas


Cada DSP tem seus próprios prazos de apresentação, geralmente de 2 a 3 semanas antes da data de lançamento. A gravadora deve garantir o cumprimento desses cronogramas, entregando a música ao parceiro de distribuição de acordo com todos os prazos. Também é importante lançar a música usando a ferramenta Spotify for Artists pelo menos 14 dias antes da data de lançamento. As propostas recebidas menos de 14 dias antes da data de lançamento não serão consideradas para apoio promocional.



Comunicado à imprensa / drivers de marketing


Um comunicado de imprensa conciso e informativo, uma história de sucesso anterior, um plano de marketing e uma citação pessoal do artista são fatores importantes para os editores de listas de reprodução ou DSPs ao considerarem seu lançamento para apoio.


Links inteligentes


Quando o lançamento for publicado, é importante criar um link inteligente que direcione para os DSPs mais conhecidos. Promover o lançamento com um link que leva a apenas uma loja não faz sentido, pois as pessoas usam várias plataformas para transmitir e comprar música. Elas devem ter uma opção e acesso fácil ao seu lançamento na fonte preferida delas.


Promoção pós-lançamento


Promover sua música após o lançamento é uma das tarefas mais importantes que uma gravadora/artista deve realizar para ter sucesso. Isso inclui anúncios no Instagram, campanhas no Facebook, promoção no TikTok, reprodução em rádio, listas de reprodução de terceiros, curtas no YouTube e muito mais.


Gerenciamento de direitos


Certifique-se de coletar todos os seus direitos autorais, inclusive direitos conexos, publicação etc.


Contabilidade de royalties


Gerencie as finanças da sua gravadora. Certifique-se de que seus artistas e licenciadores sejam pagos em dia. Use um software profissional de direitos autorais, como o RoyaltyWorx, fornecido pela LabelWorx.

2 visualizações0 comentário
bottom of page